Palmeiras não começa e termina o ano com o mesmo treinador desde 2013

Gilson Kleina foi o último treinador que ficou de janeiro a dezembro de um mesmo ano no Verdão

A saída de Vanderlei Luxemburgo manteve o Palmeiras mais um ano sem terminar o ano com o mesmo treinador que começou a temporada.

A última vez que isso aconteceu foi em 2013, quando Gilson Kleina era o treinador da equipe.

Kleina chegou ao Palmeiras no fim de 2012 e ficou até o meio de 2014 no comando técnico. De lá para cá, nenhum treinador começou a terminou um mesmo ano pelo Palmeiras.

Mais sobre o Palmeiras:

+ Galiotte não descarta técnico brasileiro para o Verdão
+ Enquete: quem deve ser o novo treinador do Verdão? Vote!

Em 2015, Oswaldo de Oliveira começou no clube, mas saiu no meio do ano para Marcelo Oliveira assumir. Ele completou aquele ano, começou 2016, mas saiu ainda em março.

O começo de 2017 teve Eduardo Baptista, demitido pouco antes de começar o Campeonato Brasileiro daquela temporada.

Já em 2018, Roger Machado durou no clube até o fim de julho, sendo um dos treinadores que mais ficou tempo entre aqueles que começaram seu trabalho em janeiro.

No ano passado, Felipão seguiu no time após o ótimo ano de 2018, mas também não resistiu e saiu em agosto.

E nesta temporada, Luxemburgo começou seu trabalho, mas foi demitido na última quarta-feira.

Assim, já há sete temporadas que o Verdão não sabe o que é começar o ano com um treinador e terminar com o mesmo comandante.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.